Bitcoin, fraude ou oportunidade?

Tempo de leitura: 4 minutos

O Bitcoin, Fraude ou Oportunidade?

Bitcoin, fraude ou oportunidade? Se você quer saber mais, leia o artigo!

Garanto que você já ouviu falar dessa tal de bitcoin! Também sei que você gostaria de saber mais sobre ela, mas não tem a menor ideia de como isso funciona, não é verdade?

O tema é interessante, mas não é nada simples!

Mas o que é o Bitcoin?

Vou tentar responder essa pergunta da forma mais simples possível!

O Bitcoin é uma moeda digital baseada num sistema de criptografia muito especial e público chamado de “Blockchain”. Esse sistema, que não é administrado por uma empresa ou governo, funciona de forma aberta, escriturando todas as transações em bitcoin realizadas no mundo, garantindo que uma mesma bitcoin não seja copiada indevidamente.

Notem que ser uma moeda eletrônica ou digital não é a inovação do bitcoin, isso já existia há muito tempo! Diversos bancos ou sistemas financeiros administrados por governos já utilizam moedas digitais há anos, e elas se revelaram bastante seguras!

Aquele numero que representa seu saldo no banco é uma moeda eletrônica! O Real, neste sentido, também é muito parecido com o Bitcoin.

Mas qual a diferença do Real eletrônico para o Bitcoin?

Eu diria que existem duas grandes diferenças. A primeira é que o Bitcoin não é administrado por um Banco Central, como a maioria das moedas, a exemplo do Real, seja em sua forma física ou eletrônica.

A segunda grande diferença é que o Bitcoin é gerido por um sistema público, o “Blockchain”, enquanto que as demais moedas são administradas por sistemas privados, disponibilizados por um governo ou entidade.

Não ser gerido por um governo traz vantagens e desvantagens. As vantagens estão relacionadas à responsabilidade de uma entidade em relação àquela moeda que o detentor possui, há um responsável por ela, há alguém a quem reclamar caso ocorra algum problema.

Existe uma cadeia de confiança numa entidade, existem pessoas responsáveis por esse ativo.

As desvantagens de ter um governo administrando a moeda estão relacionadas à possibilidade de manipulação com a impressão ou criação fictícia de papel na economia, gerando inflação ou crises econômicas.

Diversas foram as crises criadas pela impressão desenfreada de papel moeda para cobrir os gastos de governos perdulários. As consequências dessas medidas são velhas conhecidas dos brasileiros, a crise e a inflação.

Desse modo, a ideia de uma moeda independente é realmente tentadora. Essa alternativa seria muito interessante como reserva de valor, um ativo líquido que não perde valor com o tempo e preserva perfeitamente o poder de compra!

Isso é um verdadeiro sonho!

Eu diria que é a evolução do capitalismo!

Mas será que o Bitcoin é realmente tudo isso que ele deseja ser?

Será que isso é possível?

Ele é uma reserva de valor?

Ele é líquido?

Ele é seguro?

Essas são perguntas complexas e, em alguns casos, sem respostas.

O Bitcoin atualmente não é líquido e não é reserva de valor, mas arrisco dizer que é um ativo seguro.

Sua tecnologia vem mostrando segurança, apesar de existirem casos de vazamento de dados de corretoras com as senhas dos clientes, gerando prejuízos. Mas o problema, ao que tudo indica, não está relacionado com o sistema blockchain em sí, e sim nos agentes participantes do mercado.

É como se o problema estivesse na guarda das senhas no banco, e não no sistema eletrônico do Banco Central, por assim dizer.

Mas como a experiência ainda é muito nova, considerando que ele existe desde 2009, é muito difícil dizer se o Bitcoin é perfeitamente seguro!

Mas o fato é que o Bitcoin ainda não é uma moeda, principalmente no quesito reserva de valor!

Não é que o Bitcoin se desvalorize, o problema é justamente o oposto, ele só se valoriza!

Desde a sua criação, a primeira pizza vendida em bitcoin custou 10.000 btc.

Ou seja, considerando que uma pizza custa 15 Dólares, um bitcoin valia 0,0015 Dólares, ou seja, quase nada!

Hoje, uns 8 anos depois, 1 bitcoin vale 1.200 Dólares!

Se o dono da pizzaria tivesse guardado suas 10.000 BTC teria hoje 12 milhões de Dólares!

Uma verdadeira loucura, não é verdade?

É aí que reside o maior problema do bitcoin, ele foi criado para ser uma moeda mas virou um verdadeiro ativo especulativo!

Como conceber a ideia de que uma moeda se torne um investimento?

Ainda mais uma moeda eletrônica, um código, algo sem qualquer valor intrínseco!

Seus defensores dizem que o Bitcoin tem que se valorizar muito para alcançar alguma estabilidade e ficar livre de ataques especulativos.

Essa tese faz sentido, mas será que vai dar certo?

Sinceramente, não sei!

A única coisa que posso dizer para vocês é, não fiquem demasiadamente expostos a esse tipo de “ativo”!

Muito cuidado!

O Bitcoin é uma experiência, e como tal pode vir a fracassar e virar pó!

Contudo, o sucesso é possível, e a ideia de uma moeda digital independente e livre é muito interessante e atrativa!

Uma coisa é certa, é uma experiência que merece a nossa atenção!

Um abraço!

Victório Amoedo

www.victorioamoedo.com

www.tesourodiretosimplificado.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =