Rentabilidade do Tesouro Direto – Descubra quando você pode ganhar!

Tempo de leitura: 3 minutos

Como saber qual a rentabilidade do Tesouro Direto?

Essa é um pergunta difícil, pois a rentabilidade de um investimento no Tesouro Direto depende de muitas coisas. O tipo de título, a taxa contratada, o prazo de vencimento, o momento da venda, a taxa de inflação, a Taxa Selic, o risco soberano, entre outros fatores que direta ou indiretamente influenciam as variáveis do Tesouro Direto.

Então isso significa que não podemos saber qual a rentabilidade do Tesouro Direto?

Calma, trataremos do tema título a título, mas já adianto que em alguns casos não é possível saber exatamente qual será a rentabilidade do seu título, e veremos exatamente quais essas situações!

Venda antes da data de vencimento do título.

Sempre que você vender seu título antes da data contratada de vencimento, a rentabilidade do mesmo não poderá ser calculada no momento da compra do título, pois seu preço será determinado no momento da venda à mercado.

É a chamada marcação a mercado, que varia em função das taxas de juro futuras. Assim, caso deseje vender algum título antes da data de vencimento, verifique quanto ele está rendendo no momento da venda com o mercado aberto. Ao acessar o canal do investidor você saberá exatamente qual será a rentabilidade líquida e bruta do seu investimento.

Perceba que a rentabilidade a mercado poderá ser superior ou inferior à contratada, inclusive podendo ser negativa, a depender do título escolhido!

Muito cuidado, clique aqui para saber mais sobre a marcação a mercado!

Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um título, por natureza, pós-fixado. Assim, sua rentabilidade não é definida no momento da compra, e sim pela taxa Selic definida pelo COPOM do Banco Central.

A depender da taxa fixada, que pode variar mensalmente, a rentabilidade do seu título é afetada.

Mas não se preocupe, a taxa Selic está quase sempre posicionada acima da inflação, e quando a última está elevada, ela costuma subir também para controlá-la.

A grande vantagem deste título é sua liquidez, por isso é indicado para pessoas que podem precisar resgatar os recursos a qualquer momento.

Saiba mais sobre esse título clicando aqui!

Tesouro IPCA +.

É possível saber qual será a rentabilidade do Tesouro Direto IPCA + no momento da compra, contudo você saberá qual será a rentabilidade real, e não a nominal.

Por nominal entenda a rentabilidade final, aquela que leva em conta a inflação calculada pelo IPCA, ou seja, o número final.

Mas como o que importa no mundo dos investimentos é a rentabilidade real, esse título é um grande aliado dos investimentos de longo prazo!

A propósito, somente será possível saber a rentabilidade real em caso de venda no vencimento, se for antes disso será o preço de mercado!

Saiba mais sobre esse título clicando aqui!

Tesouro Prefixado

Esse é o único título que permite se calcular exatamente sua rentabilidade no vencimento. A rentabilidade do Tesouro Direto Prefixado é definida no momento da compra, pela taxa contratada, que levada à data do vencimento determinará exatamente do montante de dinheiro a ser devolvido ao investidor.

Contudo, se a venda for antecipada, o preço será o de mercado, saiba mais clicando aqui!

Por isso este título é indicado para objetivos de médio prazo, como comprar um carro, por exemplo.

Você saberá exatamente quanto precisa poupar hoje para comprar o seu carro daqui a três anos, por exemplo, com ajuda dos juros compostos!

Espero ter ajudado vocês!

Qualquer dúvida, deixem um comentário, será um prazer responder!

Um abraço!

Victório Amoedo

www.tesourodiretosimplificado.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 20 =