Tesouro direto vale a pena, é seguro aplicar em títulos públicos

Tempo de leitura: 7 minutos

Aplicar no tesouro direto vale a pena? Sim, vale a pena, mas para obter a melhor rentabilidade nas suas aplicações em títulos do tesouro nacional você precisa entender a diferença entre os tipos de títulos do governo para fazer investimentos seguros e rentáveis!

O que é tesouro direto?

O Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional, em parceria com a BMF&Bovespa, para viabilizar a venda de títulos públicos, antes disponíveis apenas para grandes instituições financeiras, para pessoas físicas como eu e você!

A grande vantagem de investir no Tesouro Direto é a eliminação das comissões ou taxas de administração cobradas pelos intermediários (bancos), de modo que toda a rentabilidade fica para o investidor!

Além de ser muito rentável, o Tesouro Direto é extremamente seguro, sendo a referência em termos de segurança dos investimentos para todo o mercado!

Você já ouviu falar de algum aposentado, pensionista ou servidor federal que ficou sem receber seu dinheiro?

o-que-sao-titulos-do-tesouro-nacional

O que são títulos do tesouro nacional?

Os títulos do Tesouro Nacional são os papéis disponíveis para compra no mercado para os investidores. Existem diversos tipos de títulos, com diversas datas de vencimento e com fluxos de pagamento compostos e simples, permitindo uma enorme variedade de combinações para atender as necessidades de todos os perfis de investidores.

Os tipos de títulos disponíveis são os Prefixados, os Indexados ao IPCA e os pósfixados indexados à Selic, vejamos as características de cada um deles!

Prefixados.

Os títulos prefixados são caracterizados por terem uma taxa de rentabilidade fixa para todo o seu prazo de vencimento. Assim, o investidor saberá exatamente quanto irá ganhar caso carregue seu título até a data do respectivo vencimento, sem surpresa alguma!

Mas é preciso ter cuidado com duas variáveis, a inflação e o prazo de vencimento. Em relação à inflação, é preciso estar atento e acompanhar as taxas de inflação, pois como o rendimento é fixo, se o dragão se descontrolar e os preços subirem muito o investidor poderá obter uma rentabilidade que não pague nem mesmo a inflação, de modo que este tipo de título é indicado para cenários de inflação em queda e controlada.

Outro fator importante é a marcação a mercado. Uma vez que a taxa é fixa, o investidor deve estar atento à carcterística de marcação a mercado do seu título em caso de venda antecipada, e quanto maior for o prazo mais alavancado se torna o preço do título no mercado.

A marcação a mercado é o preço que o mercado pratica para este tipo de título em caso de venda antes do vencimento, que poderá ser maior ou menor que a rentabilidade proporcional contratada, podendo ser, inclusive, negativa!

Pósfixados.

O Tesouro Selic é o único título pósfixado disponível para compra no Tesouro Direto neste momento. Sua característica principal é a liquidez e não sujeição à marcação à mercado, de modo que o investidor poderá resgatar seu investimento a qualquer momento podendo obter a rentabilidade proporcional do período investido.

A rentabilidade será atrelada à taxa selic praticada no período, se a Selic subir, maravilha, a rentabilidade subirá, se descer, ela acompanhará a queda!

Como aplicar no tesouro direto?

Quer saber como aplicar no Tesouro Direto? Você está no lugar certo!

Para aplicar no Tesouro Direto é necessário abrir uma conta num agente de custódia, que poderá ser um banco comercial (Bradesco, Itaú, Santander, etc.) ou uma corretora de valores e títulos mobiliários.

Depois de habilitado e de posse da sua senha, basta logar no sistema do Tesouro Direto e emitir suas ordens de compra e venda, é muito simples e fácil!

Mas antes de comprar é preciso compreender todas as caracteristicas dos títulos para não incorrer em prejuízos e perdas desnecessárias.

Antes de saber como investir no tesouro nacional, você também precisa definir seu perfil de investidor.

Isso vai ajudar a determinar que tipo de título você vai comprar e qual o prazo de vencimento adequado para seus objetivos!

Apesar do Tesouro Direto ser um produto altamente seguro, é necessário compreender seu funcionamento para não perder dinheiro com a marcação a mercado dos títulos, principalmente os de prazo de vencimento mais longos.

Tipos de investidores.

perfil-de-investidor
Qual o seu perfil de investidor

Investidor conservador:

O investidor conservador deve optar por títulos vinculados à Selic e os indexados ao IPCA com prazos de vencimento mais curtos.

Investidor moderado:

O investidor de perfil moderado pode comprar títulos pósfixados, prefixados e indexados, de prazos curtos e médios.

Investidor agressivo :

Jà os investidores mais agressivos podem optar por estratégias de especulação com títulos públicos, obtendo rendimentos que ultrapassam os 50% num único ano!

Veja neste vídeo como é possível alcançar rentabilidades de mais de 60% num único ano com a ajuda da marcação a mercado dos títulos públicos indexados de prazo longo!

o-que-e-cdb

O que é CDB?

O CDB, ou certificado de depósito bancário é uma espécie de título privado que funciona de modo muito parecido com o Tesouro Direto. As diferenças são o devedor, que no Tesouro Direto é o Tesouro Nacional, enquanto que no CDB é o banco comercial emissor do CDB.

Existem vários tipos de CDB, prefixados, indexados e pósfixados, tudo a gosto do freguês!

Os CDBs, como são administrados por bancos, têm a desvantagem da cobrança da taxa de administração. 1,5% pode parecer pouco, mas como ele incide sobre o valor de todo o investimento acrescido dos juros, acaba se tornando bastante relevante, e para investimentos de prazo mais longo podem fazer um verdadeiro estrago, representando de 20% a 30% do investimento.

Como vantagem, o CDB tem a cobertura pelo Fundo Garantidor de Crédito até o limite de R$ 250 mil por CPF por instituição financeira.

Já do lado das desvantagens, além da taxa de administração, temos a vinculação, via de regra, ao CDI, indicador de rentabilidade que é quase sempre inferior à taxa Selic! De modo que investir no Tesouro é quase sempre melhor do que num CDB!

O que é LCI e LCA?

As Letras de Crédito Imobiliário ou Agrário são títulos privados muito parecidos com o CDB. Via de regra são atrelados ao CDI, em algum percentual, apresentando como vantagem principal a insenção do Imposto de Renda Retido na Fonte.

Mas a má notícia é que os bancos acabam se apropriando desta vantagem tributária, pois dificilmente oferecem uma LCA ou LCI com 100% do CDI em condições normais, sem algum prazo de carência alto ou penalidade de saída antecipada!

Por isso, muito cuidado com as pegadinhas, sempre compare as LCI e LCA com o Tesouro Direto!

Tesouro Direto Passo a Passo.

Com base nessas informações você pode ter certeza que investir no Tesouro direto vale a pena. E a rentabilidade dos seus investimentos vai depender muito do seu nível de conhecimento sobre os títulos públicos!

gui-do-tesouro-direto
Aprende o que precisa saber antes de fazer suas primeiras aplicações em títulos do governos.

Pensando nisso, escrevi o livro Guia do tesouro direto vale a pena, visando oferecer ao mercado uma obra completa sobre o maravilhoso investimento que é o Tesouro Direto! Nesta obra vocês encontrarão tudo que interessa sobre o tema, passando pelas características dos títulos públicos, como investir no Tesouro Direto passo a passo, do zero; como montar um plano de aposentadoria com o Tesouro, estratégias de investimento e muito mais!

Há também um curso em vídeo completo, o Guia do Tesouro Direto, permitindo que o investidor tire dúvidas e invista com muita segurança e rentabilidade!

Eu sou o Victorio Amoedo, fundador do Blog, e estou à sua disposição para qualquer dúvida!

Escreva pra mim!

Um abraço

 

3 Comentários



  1. Bom dia gostaria de saber se e seguro ainda investir em tesouro direto? Tenho interesse em planos com media de 4 anos? Na epoca q estamos existe um risco de perder o dinheiro investido? Seria possivel vc fazer apenas uma simulacao: se eu investisse 10.000,00 hoje, do jeito q corre a infracao qual seria a estimativa desse dinheiro para daqui 4 anos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − quatro =